Concurso IBGE 2018: tudo o que você precisa saber

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu edital para o ano de 2018, com a oportunidade de mais de 1.400 vagas, para candidatos com nível médio e superior. O Concurso do IBGE prevê a ocupação de cargos para atividades temporárias durante o Censo Agropecuário de 2018, sendo uma ótima opção para quem está em busca de um emprego.

As inscrições para o Concurso IBGE 2018 podem ser feitas entre os dias 26 de janeiro a 22 de fevereiro, através do site da Fundação Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br). A taxa de inscrição é de R$35,00 para os cargos de Agente Censitário, R$50,00 para Agente Censitário Regional e R$120,00 para Analista Censitário. Os candidatos podem imprimir o boleto diretamente no site, bem como consultar o edital completo. As provas para o Concurso IBGE 2018 serão aplicadas nos dias 10 e 17 de abril.

concurso ibge

Veja também:

Quais as vagas ofertadas no Concurso IBGE 2018?

O Concurso IBGE 2018 oferece 1.409 vagas, sendo que 79 são reservadas às pessoas com deficiência e 172 para candidatos negros ou pardos. Os aprovados no concurso poderão ser contratados ao longo de todo o ano de 2018, com opção de cargos reservas por até 3 anos.
Quem tem Ensino Médio Completo, pode ser inscrever nos cargos de Agente Censitário Administrativo (700 vagas) e Agente Censitário Regional (486 vagas). Além disso, os candidatos devem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria “B”.
As vagas para Agente Censitário Administrativo são para as seguintes cidades: Distrito Federal, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luís, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, João Pessoa, Recife, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Velho, Natal, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, Aracaju, São Paulo e Palmas. Já o cargo de Agente Censitário Regional está distribuído em 429 municípios, em quase todos os Estados brasileiros, com exceção do Distrito Federal e Amapá.

Os candidatos com Nível Superior podem se inscrever no cargo de Analista Censitário, com vagas para as cidades do Rio de Janeiro, João Pessoa, Teresina, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Distrito Federal, Vitória, Goiânia, São Luís, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, Recife, Curitiba, Natal, Porto Velho, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Aracaju e Palmas. A distribuição das seguintes vagas concentra-se:
• Analista de Sistemas para Desenvolvimento de Aplicações (17 vagas);
• Analista de Sistemas para Desenvolvimento de Aplicações Web Mobile (9 vagas);
• Analista de Sistemas para Suporte à Comunicação e a Rede (4 vagas);
• Analista de Sistemas para Suporte à Produção (4 vagas);
• Analista de Sistemas para Suporte Operacional (4 vagas);
• Análise Socioeconômica (12 vagas);
• Auditoria (13 vagas);
• Biblioteconomia e Documentação (4 vagas);
• Ciências Contábeis (3 vagas);
• Design Institucional (2 vagas);
• Engenharia Agronômica (26 vagas);
• Engenharia Cartográfica (12 vagas);
• Gestão e Infraestrutura (78 vagas);
• Jornalismo (16 vagas);
• Logística (2 vagas);
• Métodos Quantitativos (6 vagas);
• Produção Gráfica e Editorial (2 vagas);
• Programação Visual (2 vagas);
• Recursos Humanos (6 vagas);
• Relações Internacionais (2 vagas);
• Relações Públicas (7 vagas);
• Webdesign (7 vagas).

Os aprovados no Concurso IBGE 2018 serão contratados em regime estatuário, com estabilidade e salários que variam de R$3.555,85 a R$7.458,49, dependendo da formação do candidato, o grau de qualificação bem como o cargo escolhido. As vagas para analista de tecnologia podem ter um salário de até R$9.192,88.

Como estudar para as provas do Concurso IBGE 2018?

Não dá pra prever o conteúdo das provas do Concurso IBGE 2018. Contudo, é possível ter uma base de estudos, de acordo com as avaliações dos anos anteriores. Uma dica é focar em materiais específicos, em especial, de Língua Portuguesa, Matemática, Língua Inglesa e Geografia. Também é importante estudar um pouco sobre o IBGE – conhecimentos sobre a Instituição, conceitos básicos da Agência e métodos de trabalho. Para quem tem dúvidas, os temas mais frequentes das provas do Concurso IBGE são:
• Língua Portuguesa: elementos de construção do texto (coesão e coerências), gêneros textuais, interpretação de texto, emprego semântico de vocabulários, campos semânticos, modos verbais, emprego e sentido das classes gramaticais, processos de formação de palavras, mecanismos de flexão de verbos, sintaxe, frase, período e oração, transitividade e regência dos verbos, acentuação gráfica e indicativos de classe.

• Matemática: operações matemáticas básicas (adição, subtração, divisão, multiplicação), conjunto de números naturais, representação de retas, produtos notáveis, equações, sistemas e problemas de primeiro grau, problemas de raciocínio, geometria plana, distâncias e ângulos, geometria espacial, probabilidade, estatística e interpretação de gráficos.

• Raciocínio lógico: noções básicas de lógica, conectivo, estrutura lógica de relações, dedução de informações, estatística descritiva, análise exploratória de dados, probabilidade, inferência estatística, estimação por intervalos, métodos de estimação, testes de hipóteses.

• Língua Inglesa: aspectos lexicais e conhecimento de vocabulário, reconhecimento de estratégias discursivas, aspectos gramaticais, interpretação de texto, uso de condições e pronomes, relações de coordenação, voz passiva, estrutura do discurso direto e indireto.

• Geografia: noções básicas de cartografia e orientação dos planos cardeais, representação de legendas, domínios climáticos, tipos de terreno, natureza e meio ambiente, espaço urbano, conflitos sociais e econômicos, atividades econômicas, conceito de pobreza, problemas sociais, divisão política e administrativa, fluxo populacional, descrição da população brasileira, área de crescimento e perda populacional, estrutura do espaço agrário, políticas econômicas, atualidade, geopolítica brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *